Sobre

SER FELIZ E VENCER NA VIDA.

Junte-se a leitores inteligentes e comece agora sua jornada para a independência pessoal e profissional. Uma nova vida começa agora.

Olá, tudo bem? Meu nome é João Fernandez e sou o fundador da Educação TAE e se você já se fez algumas dessas perguntas…

  • Será possível encontrar o caminho certo ou missão de vida para mim?
  • Como eu poderia trabalhar com o que gosto, ser bem pago e respeitado no que faço?
  • É possível ter mais tempo livre para curtir a vida ou preciso esperar a aposentadoria?
  • Como vencer a autosabotagem para ter o estilo de vida ideal, cuidando mais de mim mesmo?
  • E sobretudo: como ser realmente feliz na vida pessoal, familiar e profissional?

…então você está no lugar certo!

VEJA A SEGUIR COMO A EDUCAÇÃO TAE PODE AJUDAR VOCÊ A CONSTRUIR UM NOVO PADRÃO DE VIDA.

TAE_site_sobre_1_mosaico

Se você parar para pensar, a maioria das pessoas foi acostumada a pensar que o “plano de vida ideal” é:

‘Ir para a escola, depois para a faculdade, ter boas notas, arrumar um emprego, pagar as contas, comprar “bens”, depois se aposentar.’

Até aqui muito sensato. Mas se formos observar os dados da OMS (Organização Mundial de Saúde):

  • ¼ da população mundial experimentará depressão em algum momento da vida;
  • E pasme: o dobro disso pode experimentar algum tipo de transtorno psicológico, sobretudo o vazio existencial, sentindo-se “perdido da vida”.

Ou seja, a cada 100 contatos que você tem agora lá no Facebook ou Whastapp, 25 experimentarão depressão e 50 algum outro tipo de transtorno ao longo da vida. Quem sabe até você mesmo, que está lendo agora.
TAE_site_sobre_2_depressao

Pense nisso: apenas 25% de todo mundo que você já conheceu (e conhecerá) viverá satisfeita com a vida. E o que é feito com os outros 75%?

O plano perfeito para ser alguém ‘normal’.

Indiferente a isso, a determinados grupos poderosos, o que interessa mesmo é que 95% da população (incluindo eu, você e as pessoas que amamos), sejamos responsáveis, pontuais, obedientes e ‘economicamente ativos’ – ou seja:

  • Que ralemos pra caramba para arrumar o “emprego dos sonhos”;
  • Que ganhemos nosso dinheiro suado e sonhemos com o 13º;
  • Que possamos nos meter em “créditos” e “financiamentos” (que na verdade são dívidas);
  • Para gastar com mil coisas, acumulando “bens” cada vez mais caros;
  • Para tentar ganhar o respeito (ou inveja) de outras pessoas;
  • E depois ficar tranquilo: dentro de 35 anos (quem sabe) você se aposenta, e aí sim! Pode fazer o que quiser da vida.

Esse é o super-eficiente esquema “escola-faculdade-emprego”.

Segundo esse esquema, ser feliz significa trilhar cada uma dessas etapas.

Ao longo desses passos, trabalhamos, gastamos e arrecadamos impostos para os 5% que estão no topo – que naturalmente – tem outros planos de vida e padrões de sucesso.

TAE_site_sobre_3_esquema-e-f-e

  • É por isso que estamos sempre ocupados, sempre apressados, sempre querendo mais e mais;
  • É assim que giramos as rodas da economia e sustentamos a elite, os 5% que estão no topo;
  • É assim que fazemos faculdade numa área que nem gostamos tanto;
  • É assim que suportamos empregos e rotinas chatas;
  • É assim que aparecem aqueles dados da OMS…

Exemplo rápido: escolha seus 10 melhores amigos ou parentes. Suponha que cada um deles recebesse o equivalente a 50 mil dólares, ainda hoje. Dentro de 2 anos, quantos teriam multiplicado esse valor (e agora teriam 100 mil ou mais) e quantos teriam torrado tudo?

Eu imagino que menos de 20% dos seus amigos alcançariam esse feito, quando o correto seria exatamente o oposto.

Entenda bem: nós aqui não estamos contra ‘a elite’ ou coisas do tipo. Apenas queremos que todos tenham a chance de chegar até lá, sem se submeter a um plano (furado) que te mantém embaixo enquanto outros ficam em cima.

Várias pessoas já descobriram esse caminho. Eu também descobri – e vou te falar sobre isso exatamente agora.

A solução está perto bem de você, sempre disponível a todos.

A única solução, a vacina ideal para sair desse esquema “escola-faculdade-emprego” é a educação.

O desenvolvimento do ser humano, a identificação de seus reais talentos, o refino de suas habilidades, a luz do esclarecimento, o poder da sabedoria.

A Neurociência, a Programação Neuro-Linguística, a área de Coaching e principalmente a ferramenta que mais utilizamos no Método TAE, o Eneagrama, estão anos luz à frente desse processo.

E a maioria das pessoas nem imagina o quanto essas ciências evoluíram.

Conhecimento avançado, comprovado, de fácil uso, ao seu alcance.

 

ISSO JÁ É UTILIZADO EM LARGA ESCALA.

TAE_site_sobre_4_atletas

Imagine um atleta de um esporte altamente competitivo, como o futebol. Como era o recrutamento e treinamento dele nos anos 50 e como é hoje?

Há uma diferença impressionante. Desde as categorias de base, passando pela nutrição, educação física, fisiologia do esporte e principalmente na área psicológica e de desenvolvimento humano, aplicada ao esporte.

Hoje, quando é identificado um talento, há um verdadeiro arsenal de possibilidades para desenvolver este potencial ao limite. Dentro e fora de campo.

Ok, beleza, mas e se eu e você não formos um Neymar da vida?

Tá legal é verdade: esse tipo de remodelagem só acontece com grandes talentos.

É tudo muito caro e são eles que vão significar retorno financeiro expressivo para os 5% do topo, que financiam tudo.

Contudo, os mesmos processos de super-desenvolvimento humano estão disponíveis para todos nós. Em artigos científicos e materiais técnicos de cada área.

É bem difícil encontrá-los, organizá-los e replicá-los, traduzindo numa linguagem acessível a todos. Levei anos pesquisando e catalogando até chegar aqui.

Mas ainda assim, perceba que tudo isso só acontece porque o atleta se esforça pra caramba. Ele não se transforma em ídolo do esporte sentado no sofá.

  • É fácil chamar Pelé de ‘Rei do Futebol’, mas poucos sabem que o pai dele o fazia praticar duas horas extras, depois de cada treino;
  • Moleza chamar o Oscar de ‘Mão Santa’, mas quase ninguém sabe que ele mesmo fazia mais de mil arremessos de 3 pontos, depois de cada treino.

Talento existe, mas não nasce pronto, precisa ser lapidado.

Enquanto isso lá na escola da justiça…

Na contramão de tudo isso, temos a Educação Tradicional. O principal agente de manutenção desse “status-quo”. Projetada e criada para manter os 5% lá em cima e os 95% na base da pirâmide social, sustentando tudo.

Desenhada lá na Era Industrial, há mais de 150 anos, para criar empregados padronizados, pontuais, obedientes, preocupados com boas notas.

TAE_site_sobre_5_ed-trad

Feita no contexto do Iluminismo do século XIX, é (até hoje) focada quase que estritamente em instrução – e não educação – com base em disciplinas academicistas.

Note que matemática, física, biologia, história, são matérias importantes, mas não são as únicas, nem as mais importantes.

Depois de graduados, no mundo profissional, não utilizamos nem 20% do que aprendemos na escola.

Coisas muito úteis, que utilizamos 80% do tempo na vida profissional, como:

TAE_site_sobre_6_disciplinas

São totalmente negligenciadas – quando é basicamente isso aí que a gente mais precisa para ser feliz e subir na vida.

São essas disciplinas que os 5% do topo ensinam aos seus filhos.

Só para dar uma ideia, da base fundamental ao vestibular, foram 11 anos, 132 meses, 572 semanas, 4004 dias, para aproveitar ao longo da vida no máximo 20% do aprendido.

2,2 anos bem aproveitados, 8,8 anos sub-aproveitados, justamente na idade onde o aprendizado é mais eficiente…

A Educação Tradicional é justamente o principal agente desse esquema “escola-faculdade-emprego”. É lá que passamos nossa juventude ouvindo falar em boas notas, vestibular, bom emprego e benefícios.

É o próprio governo (através do MEC) que desenvolve os padrões dessa Educação, do maternal ao Pós-Doc.

O mesmo governo (composto e financiado pelos 5% da elite) que não está interessado em transmitir conceitos-chave como Educação Financeira e Desenvolvimento Humano, por exemplo.

Quer apenas que você arrume um emprego, gaste seu dinheiro, fique endividado e seja um empregado exemplar, que teme perder o emprego.

 

QUERO TE CONVIDAR PARA ME AJUDAR A MUDAR ESSA REALIDADE.

Eu acredito – e sei disso através do Método TAE – que toda pessoa possui um conjunto de habilidades especiais. Todos, sem exceções.

E se essa pessoa tiver acesso a um desenvolvimento de elite, poderia compartilhar sua potencialidade com o mundo. Todos estariam melhores em suas vidas.

E sabe por quê? Ninguém consegue ser o melhor em todas as áreas.

Se você tomar essa decisão e se propuser a explorar ao máximo seu potencial, seja nas ciências, esportes, teatro, política, artes, etc, estará no caminho do auto-aperfeiçoamento.

E o auto-aperfeiçoamento é o oposto da auto-destruição.

Se quisermos viver e deixar para nossos filhos e netos um mundo melhor, precisamos nos empenhar em construir e aperfeiçoar esse mundo novo.

Imagine se eu e você pudermos melhorar 1% de todas as pessoas do mundo? Já seria um impacto considerável! Mas para que alguém possa melhorar 1% de outra pessoa, antes, precisa melhorar 10% de si mesmo.

[epico_capture_sc id=”1638″]

 

 

TAE_site_sobre_7_palestra

 

UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA NESSA JORNADA PELA INDEPENDÊNCIA PESSOAL E PROFISSIONAL.

Eu tive uma ótima infância e cresci numa família modesta, muito legal, cujo objetivo máximo da vida era conseguir um diploma na faculdade, seguido de um ótimo emprego.

Como eu desenhava muito, acabei entrando fazendo Design Gráfico na UFPE. Passei no vestibular com relativa facilidade, pois me aplicava muito aos estudos.

Os anos de faculdade passaram rápido, arrumei um ótimo estágio, tirei boas notas, etc.

Porém… assim como várias outras pessoas, no início da minha carreira, tomei muitas pancadas da vida.

Um baita choque de realidade.

Para ser resumido: apesar de ter alcançado algum sucesso e ser bem pago (o que é pouco comum à carreira em Design), descobri que estava no caminho errado, com planos totalmente em desacordo com meus talentos fundamentais.

A desagradável verdade (que eu não queria ver) é que meus planos de futuro eram, de fato, planos de outras pessoas pra mim.

Eu era uma peça bem paga no tabuleiro de xadrez da vida dos outros.

TAE_site_sobre_8_xadrez

Eu não poderia estar mais decepcionado. No fim das contas, eu não tinha liberdade sobre meus planos, não era feliz e essa situação não era sustentável a longo prazo.

Por outro lado, percebi que tinha muita sorte.

A vida sempre está querendo ensinar alguma coisa pra gente. Quase ninguém se dá conta disso. A maioria toma uma pancada, e quando se levanta, continua na mesma direção.

Tive muita sorte por entender isso cedo e comecei a fazer amplos questionamentos de vida, futuro e realização pessoal:

  • Afinal, o que me faz feliz?
  • O que quero fazer da vida, onde quero chegar afinal?
  • Como posso descobrir meus maiores talentos e trabalhar com isso?
  • Como posso definir e criar meu estilo de vida ideal?
  • Por que preciso esperar a aposentadoria para desfrutar a vida?

Também descobri que nenhum (zero) dos meus muitos amigos e parentes havia parado seriamente para buscar tais respostas. Estavam todos imersos no esquema ‘escola-faculdade-emprego’.

Eu precisava ir mais longe.

Conheci o Empretec – e foi assim que o mundo do Empreendedorismo – enfim – me ensinou a como dar um fim extraordinariamente útil à criatividade que eu havia desenvolvido na faculdade de Design.

Conheci o Eneagrama – e posteriormente o Coaching e a PNL – que me ensinaram o autoconhecimento, o desenvolvimento pessoal, dentre várias outras reformas essenciais.

TAE_site_sobre_9_eneagrama

Descobri que usava menos de 20% do que dispunha dentro de mim.

Até o dia em que resolvi fazer um MBA em Marketing e comecei a trabalhar com consultoria nessa área.

Sem nenhum modelo de negócios em mente, de indicação em indicação, comecei a me destacar rapidamente.

Como um guri que acabou de descobrir que correr é mais divertido que engatinhar, disparei na carreira.

Nessa época eu tinha um emprego meio período, uma empresa de consultoria, um pequeno comércio, um investimento e ainda fazia freelancers vez ou outra.

Mas não se impressione com isso, pois foi uma grande burrice…

Estressado, sem tempo e sem qualidade de vida, percebi que estava me tornando escravo do trabalho. Tinha sucesso, mas não tinha vida.

E alguns anos depois, um acontecimento mudaria para sempre a minha vida.

Nessa época eu e outros consultores amigos estávamos espantados com o despreparo dos jovens que saiam da faculdade e iam estagiar ou experimentar os primeiros empregos.

Há um descompasso gigantesco entre o que se aprende na faculdade e aquilo que o mercado espera do profissional. E as empresas precisam se virar pra complementar a formação desses profissionais.

Super animado com a ideia, percebi que poderia fazer algo pelo bem dessas pessoas. Que meus esforços poderiam ter um objetivo mais nobre do que meramente escalar os degraus sociais.

Comecei a iniciativa Desenvolva, um seminário de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de um final de semana.

TAE_site_sobre_10_equipes

Comecei com duas edições de teste, pagas do meu bolso. Quando me dei conta já havia fila de espera e fiz várias outras.

Sim, era possível transformar a vida das pessoas. Sim era possível passar adiante o que aprendi para que outros pudessem fazer o mesmo.

 

MUITO OBRIGADO.

TAE_site_sobre_11_equipes2

É o que eu tenho a dizer para as mais de 1.300 pessoas que já passaram pelo Método TAE. E também pelas mentes brilhantes, de todas as áreas, com as quais posso interagir diretamente hoje.

E ainda ser remunerado pela qualidade do meu trabalho e não pela quantidade de horas que passo sentado numa cadeira fazendo algo sem coração.

Eu amo o que faço e nada me deixa mais feliz que ver o impacto positivo que o Método TAE pode gerar na vida das pessoas.

Porém…

Perceba que tudo isso começou com uma decisão. Num ponto do passado onde as coisas iam mal e decidi mudar minha trajetória.

Eu não quero que você precise passar pelo que passei, não quero que tome pancadas na vida, não quero que ninguém tenha de inventar a roda para alcançar o sucesso.

Você pode escolher aqui e agora um novo futuro. E a missão da TAE é te ajudar nessa jornada.

 

DIGA ADEUS AO CONFORMISMO E À DITADURA DO EGO. VIVA SEUS REAIS TALENTOS.

Autodomínio é poder – e está ao seu alcance. Chega de trilhar os caminhos dos outros. Está na hora de construir o seu próprio, do seu jeito e ainda por cima ser um agende de progresso para a humanidade.

Ao longo dessa jornada da Educação TAE pude realizar sonhos que antes eu nem imaginava.

Sou pai do Kauan, marido da Izabela, meu próprio chefe, cercado de amigos e repleto de possibilidades e prosperidade por todos os lados.

TAE_site_sobre_12_joao

Trabalho no máximo 6 horas por dia (antes eram 14), viajo duas vezes por ano, cuido de minha saúde e pratico atividade física e meditação regularmente.

Um estilo de vida desenhado, projetado, em cada detalhe, por mim, de acordo com meus talentos, habilidades e inabilidades específicos.

Nada de pressão, nada de trânsito, correria, despertador, nem cobranças de empregos chatos. Tudo isso não só é possível como é extremamente gratificante.

“Os dois dias mais importantes de sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que descobriu o porquê.”
– Mark Twain

Esta jornada envolve esforço e trabalho consistente. Não há receita pronta, nem moleza na excelência humana. Contudo, cada mínimo esforço desprendido vale muito a pena.

Nossa maior recompensa, muito além do sucesso pessoal, é saber que somos úteis para muitas outras pessoas lá fora.

 

FAZENDO O BEM E GERANDO IMPACTO POSITIVO.

A missão da Educação TAE de turbinar o desenvolvimento de pessoas inteligentes para um mundo melhor requer a ajuda de multiplicadores, que possam passar o bem adiante.

Por vários anos, os únicos beneficiados da Educação TAE eram meus clientes das consultorias e os diretores mais próximos.

Hoje, com a expansão para a internet, o negócio cresceu de uma forma tal que já é possível fazer o mesmo com centenas de pessoas ao mesmo tempo.

Porém…para que possamos causar impacto real na sociedade, é preciso multiplicar esses esforços.

Meu grande objetivo é melhorar, nem que seja em 1% ao ano, cada pessoa que conheça o Método TAE. Imagine o impacto disso em 10 anos.

TAE_site_sobre_14_aula

Agora imagine que milhares de pessoas estejam fazendo o mesmo. Pioneiros, desbravadores, amorosos, valentes, intelectuais, voluntariosos. O quanto nós poderíamos melhorar as coisas?

O quanto mais e mais pessoas poderiam se libertar do esquema ‘escola-faculdade-emprego’ e construir seu próprio estilo de vida?

Quantos novos, íntegros e competentes políticos, empresários, industriais e ativistas surgiriam?

Quantas dessas pessoas que vivem nos sinais, pedindo esmolas ou em subempregos poderiam sair das favelas, prosperar e se tornar médicos, advogados, atletas, artistas e pesquisadores?

Esse é a missão da Educação TAE.

Que você possa aprender aqui tudo que precisa para finalmente:

  • Construir seu estilo de vida ideal;
  • Trabalhar no que gosta, ser bem pago e respeitado no que faz;
  • Ter tempo livre para curtir a vida;
  • E gerar impacto positivo na sociedade…

Alcançando o máximo de pessoas possíveis para transformar o mundo num lugar melhor para nossas famílias.

E no final das contas não são os anos em sua vida que contam. É a vida nos seus anos.’
– Abraham Lincoln.

Curtiu a Educação TAE?

Então cadastre seu email abaixo e veja como é possível conquistar tudo isso, livrando-se de rotinas chatas e que não utilizam seu real valor, para ter a vida que você sempre sonhou e mereceu.